IBOVESPA 107.398,97 −6.278,28 (5,52%)

Segurança Pública

Polícia Civil cumpre mandado contra investigado por conteúdo na internet

A ação policial, no Pará, integrou Operação do Ministério da Justiça e Polícias Civis de 11 estados contra a pirataria digital

A Polícia Civil do Pará cumpriu, na manhã desta terça-feira (21), um mandado de busca e apreensão domiciliar na residência de um homem investigado pela prática de violação de direitos autorais e lavagem de dinheiro. A ação policial fez parte da Operação “404”, deflagrada, na manhã desta terça-feira (21), pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e as Polícias Civis de 11 estados contra a pirataria digital. Agentes cumpriram mandados de busca e apreensão contra suspeitos de transmitir ilegalmente conteúdo na internet.

HDs (Hard Disks) apreendidos pela Polícia CivilDe acordo com a delegada Maria de Fátima Chaves dos Santos, da Diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos (DECCC) da Polícia Civil do Pará, as investigações policiais apontaram que o paraense investigado mantinha links em um servidor e oferecia serviço de streaming de filmes e séries, sem o consentimento dos reais proprietários dos direitos de autoria.

Durante o cumprimento do mandado foram apreendidos aparelhos celulares, hds e computadores, que vão se periciados. 

Segundo o Ministério da Justiça, os investigados captavam o sinal de canais de televisão fechada e cobravam para repassá-los a assinantes do serviço de pirataria.

Dados do Ministério apontam que foram bloqueados 266 sites e 461 aplicativos de streaming pirata. Também foram removidos perfis e páginas de redes sociais e de sites buscadores da internet.

O delegado geral da Polícia Civil do Pará, Walter Resende, destaca que a instituição tem trabalhado para combater este tipo de crime no Pará.

“A Polícia Civil, por meio da Diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos, tem atuado de forma contundente a fim de coibir a prática de crimes praticados no ambiente virtual. As diligências vão seguir para investigar outras pessoas envolvidas no caso”, destacou Resende.

________________

 Matheus Rocha |  PC